top of page

SÉRIE CHEFES DA MÁFIA

por Ary Nascimento

MEU MARIDO MAFIOSO 3: PIETRO, HERDEIRO DO TRONO

2021

Capa Pietro pronta.png

SINOPSE

Pietro Esposito, herdeiro do trono da máfia italiana, sempre teve muita admiração e respeito pelo seu pai, Matheo Esposito — Don da Cosa Nostra —, por quem foi treinado. Ele cresceu tendo-o como seu maior exemplo. Pietro nunca se importou em saber que seu pai era o chefe da maior organização criminosa do mundo, mas sabia que, como filho mais velho, seria seu sucessor.
 

Desde cedo, Pietro estava pronto para assumir essa responsabilidade, mas apenas aos 27 anos, foi comunicado de que precisava se casar para assumir seu lugar nos negócios da família. O rapaz gostava da vida de solteiro, mas responsável como era, faria o que fosse necessário para cumprir as suas obrigações na máfia. Pouco tempo depois, ao conhecer a doce Amanda Beraldo, sua futura esposa — filha do capo da Albânia —, percebe que se casar poderia não ser algo tão ruim.
 

Amanda teve uma vida muito regrada e difícil. Criada como uma prisioneira por seu pai, que desde cedo sonhava em casar a filha com um dos irmãos Esposito, com o intuito de criar uma forte aliança e aumentar o seu poder, a garota não teve muito contato social ou a oportunidade de desfrutar da sua adolescência.
 

Pietro e Amanda eram dois desconhecidos que se casariam para concretizar as convenções da máfia, mas não imaginavam que, ao se conhecerem, um forte e irresistível sentimento nasceria entre eles. O herdeiro do trono da máfia italiana fará o que for preciso para proteger a sua mulher, mas o destino, sempre cruel, ameaça a vida de sua amada.
 

Pietro promete colocar fogo no mundo para tê-la sempre segura ao seu lado e, para isso, enfrentará os seus inimigos e causará uma guerra para proteger a sua família. O mundo descobrirá que não existe arma mais letal do que um homem apaixonado.

PÚBLICO-ALVO

O livro atrai leitores que querem se envolver em uma história de romance com bastante ação, adrenalina e emoção. Além disso, atinge leitores que pretendem iniciar nesse universo dos romances com máfia.

GÊNERO

Romance erótico, tendo como pano de fundo a máfia Italiana.

OBSERVAÇÕES:

Classificação indicativa +18.
 


Pode conter gatilhos.


Apesar de se tratar de uma história ambientada na máfia, com algumas cenas com conteúdo sensível em algum nível, este não é um romance dark.


Todos os livros da série Chefes da máfia são únicos, mas para um melhor entendimento do leitor, é interessante ler os livros na sequência.

RESUMO DA OBRA E TEMA PROPOSTO

Neste livro, o leitor começará a embarcar na vida das novas gerações e conhecerá, mais profundamente, a história de Pietro Esposito, filho de Matheo e Melissa, protagonistas do primeiro volume da série.
 

Um dos objetivos deste livro é mostrar como a realidade desta família tão querida vai se delineando ao longo dos anos seguintes, sem perder a essência do que conquistou os leitores: o amor que têm uns pelos outros e o perene desejo de protegerem-se.


Pietro Esposito cresceu e se tornou um homem. Toda a admiração que sempre nutriu pelo seu pai moldou a sua personalidade e tornou os dois muito parecidos na forma de pensar e agir. Além disso, ele também carrega em suas costas o peso da obrigação de assumir o lugar de líder da organização.
 

Essa transição na cadeira do comando da organização da qual essa família faz parte foi feita de maneira muito natural, mostrando a resistência do Matheo em abrir mão de suas responsabilidades e, ao mesmo tempo, a disponibilidade do Pietro em fazer com que essa troca sofresse o mínimo possível de mudanças. Além do mais, passar o bastão de pai para filho foi uma tática essencial para manter o desenvolvimento da série e gerar oportunidade de contar a histórias das gerações futuras e algumas mudanças de comportamentos dos personagens.
 

A protagonista deste livro, Amanda Beraldo, é  filha única do capo da Albânia. Seu pai sempre foi obcecado em formar uma aliança com a Cosa Nostra, então quando Arlinda Beraldo, sua esposa, ainda estava grávida, ele se mobilizou para tentar firmar um acordo de casamento entre Amanda e Pietro. No entanto, Matheo Esposito achou a proposta muito precoce e não aceitou-a.
 

Aqui o leitor conhece um dos vilões do livro, embora ele não seja o único. Aleksander — o capo albanês — nunca desistiu dessa ideia e criou Amanda trancada em casa, preparando-a para o papel de esposa perfeita do futuro Don da máfia italiana. A garota não saía de casa nem para frequentar a escola — os professores iam até ela. Conformada, ela se rendeu aos delírios do pai, sabendo que aos 18 anos se casaria com o homem que o pai escolhesse.
 

Amanda não se importava em se casar e ir embora de sua casa para viver com seu marido, pois sentia que qualquer lugar no mundo seria melhor do que a prisão em que foi mantida por longos 18 anos.
 

Um tema importante que foi proposto neste livro, foi mostrar duas personagens com características semelhantes — Melissa e Amanda — mas com perspectivas bem diferentes, em épocas diferentes. Melissa era muito bem tratada e sabia que seu pai escolheria o melhor homem do mundo, se possível, para casar com a filha. Por outro lado, Amanda não tinha a mesma certeza, e ainda assim fez de tudo para se tornar uma ótima esposa, abraçando essa dificuldade como uma tábua de salvação.
 

Ao conhecer Pietro, a bela Amanda automaticamente se apaixonou. Na visão dela, ele era o homem mais bonito que já tinha visto e, apesar de sério, parecia ser gentil. Bem criado como foi e tendo visto tantas coisas ruins acontecendo com sua família e as pessoas que ele ama, Pietro logo percebeu que a garota era oprimida e a incentivou a contar-lhe se estava sendo obrigada a casar.
 

Essa primeira conversa entre os protagonistas foi muito importante para moldar aquele relacionamento. A relação de confiança que eles criaram nesse momento se estenderia ao longo dos anos.
 

Apesar de não estar apaixonado, Pietro teve o instinto de cuidar da Amanda. Ele disse que aceitava o noivado, e o casamento foi marcado. Os dois se casaram na Albânia — terra natal de Amanda —, mas logo em seguida foram morar no complexo da família Esposito na Itália.
 

Uma temática proposta neste livro é sobre como a criação e educação recebida dentro de casa pode influenciar a vida matrimonial. E isso fica explícito na necessidade que Pietro tinha de proteger sua esposa da maldade do próprio pai.
 

O tempo foi passando e Pietro não resistiu. Ele se apaixonou perdidamente por Amanda, e cuidar dela tornou-se uma prioridade em sua vida. O rapaz se tornou um homem ainda mais letal em tudo o que dizia respeito ao bem-estar de sua esposa e se mostrou disposto a acabar com a vida de qualquer um que tentasse machucá-la.
 

Uma das características marcantes nos livros desta série, é que a autora não deixa as coisas boas para desenrolar apenas no final da história, então não demora muito para a Amanda engravidar. Nesse ponto da história, acontecem muitas reviravoltas, inclusive uma traição de Aleksander que coloca a vida da filha em risco.
 

Aqui, a história apresenta ao leitor uma nova personagem e, segundo muitos leitores, o plot twist mais emocionante de todos os livros da série, lançados até o momento. O leitor descobre, junto com a protagonista, que seu pai estava envolvido no tráfico de uma menor e que a mantinha em cárcere privado. O que ninguém esperava era que Mirela usaria da boa fé de Amanda para tentar fugir das garras de Aleksander, e faria isso sem pensar nas consequências de seus atos.
 

As cenas que se seguem a esse último acontecimento são de deixar qualquer leitor de queixo caído. Mocinha sendo feita de refém, perseguição automotiva, acidente quase letal e o desespero de um homem apaixonado. Esse é um momento eletrizante da trama, impossível não se emocionar.
 

Pietro se sente destruído e furioso diante da possibilidade de perder sua mulher e seu filho que ainda nem nasceu. Esses sentimentos alimentam também o seu desejo de fazer justiça, tornando-o uma máquina, pronta para matar qualquer pessoa responsável pela sua dor. Em consideração aos sentimentos da Amanda, Pietro deixa o Aleksander “livre” mas dá o seu ultimato de que ele não deve chegar perto de sua mulher.
 

Amanda se recupera do grave acidente e dá à luz o seu primogênito, Noah. Ainda assim, seu marido fica com sequelas dos momentos de tensão e medo que vivenciou, quase afastando-o do trono, mas isso não impede que eles cheguem ao ápice da felicidade e conquistem a tão sonhada família feliz.
 

Esse livro também trouxe como proposta apresentar mais um casal que se formou, Mia e Romeu. O público ficou muito atraído pelos dois, porque é um amor mais romântico, jovem e que foi construído sobre pilares bem diferentes dos das gerações anteriores, já que a Mia pede permissão ao pai para sair algumas vezes com o seu pretendente para conhecê-lo melhor. Os dois, na verdade, se conhecem desde sempre, pois Romeu é filho do melhor amigo do Matheo Esposito, pai da Mia, mas essa oportunidade que eles têm de namorar antes do casamento é única e agrada muito aos leitores.
 

É importante destacar também o quanto fica perceptível aos leitores a evolução dos personagens da primeira geração, principalmente o Matheo, que neste livro mostra mais o seu lado de pai do que de chefe da máfia.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

DADOS DE MERCADO

Com menos de um ano de lançamento, “Meu marido mafioso 3: Pietro, herdeiro do trono” já soma 1113 avaliações em uma das maiores plataformas de venda (Amazon) e mais de 4,6 milhões de leituras no serviço de assinatura de e-books (Kindle Unlimited), inclusive nos Estados Unidos, Espanha, França, Canadá e outros.
 

Além da venda de e-books, a autora busca expandir o livro, assim como os anteriores, e promover sua versão física, seja de forma independente ou em parceria com alguma editora.

DEPOIMENTOS DOS LEITORES

Sara Leite - Avaliado nos Estados Unidos em 01 de julho de 2021

"Amei a história dos dois. E o fato de contar a história de Mia e Romeu. Lindo. Espero ansiosamente pela história do Raphael. Vai ser um sucesso."

Desconhecido - @indicating_books_

"Eu amei conhecer o Pietro e a Amanda, o livro foi uma montanha-russa. O amor deles foi tão lindo, o carinho, a cumplicidade, o amor, não conseguia parar de ler. Amor ter um bebê a cada história. Adorei os personagens secundários, leria um livro de cada um.”

Gisa da Costa - Avaliado em 06 de julho de 2021

"Ler Pietro e Amanda foi emocionante, a história se repete, mas de forma primorosa. O amor da família, o poder que esse amor tem, a ingenuidade de alguns personagens, o humor de outros. Essa foi a receita perfeita que a Ary usou para nos viciar nos seus livros."

bottom of page