top of page

spin-off da série Chefes da Máfia

TRILOGIA NASCIDOS NA MÁFIA

TRILOGIA NASCIDOS NA MÁFIA

por Ary Nascimento

NOAH

2021

Capa Noah okay.png

SINOPSE

Noah Esposito foi induzido a aceitar um acordo e casar com Isadora — filha do capo de Chicago —, exclusivamente para manter a paz entre as famílias. O que o rapaz não imaginava era que, em um encontro entre as famílias Las Vegas e Itália, ele reencontraria Cecília e fosse sentir por ela uma conexão tão imediata.
 

Cecília Velásquez se apaixonou por Noah quando ainda era uma menina. Sempre segura e decidida, ela nunca escondeu dele o seu amor e o desejo de com ele se casar. A garota jamais duvidou de que conseguiria viver esse grande amor. Mas o que fazer quando a sua outra metade já tem compromisso firmado com alguém?
 

Um laço inquebrável nasceu entre os dois, mas Noah não sabe como desfazer o acordo sem causar uma guerra em seu mundo. Ao mesmo tempo, ele não está disposto a desistir de Cecília.
 

Em um mundo tão hostil e perigoso como o deles, foi possível nascer um amor digno de um conto de fadas. Contudo, entre armadilhas, mentiras e intrigas, seria o amor capaz de vencer?
 

Se almas gêmeas realmente existem, Noah certamente é a alma gêmea de Cecília.

Desistir não é uma opção para eles!

PÚBLICO-ALVO

O livro atrai leitores que querem se envolver em uma história de romance com ação, adrenalina e emoção. Além disso, atinge leitores que pretendem iniciar nesse universo dos romances com máfia.

GÊNERO

Romance erótico, tendo como pano de fundo a máfia Italiana.

OBSERVAÇÕES:

Classificação indicativa +18.
 


Pode conter gatilhos.


Apesar de se tratar de uma história ambientada na máfia, com algumas cenas com conteúdo sensível em algum nível, este não é um romance dark.
 

Este é o primeiro livro da Trilogia Nascidos na máfia, derivada da série Chefes da máfia. Então, apesar de ler um livro único, é interessante ler os livros na sequência para melhor entendimento (os volumes seguintes ainda não foram lançados).

RESUMO DA OBRA E TEMA PROPOSTO

Noah é um spin-off da série Chefes da Máfia e dá início à trilogia Nascidos na Máfia, sequência que contará a história de personagens da terceira geração da tão admirada família Esposito.
 

Filho de Amanda e Pietro — protagonistas do terceiro volume da série Chefes da máfia —, Noah Esposito é o próximo herdeiro do trono da Cosa Nostra, máfia italiana. O rapaz sempre viveu a vida de forma mais reservada e, assim como o seu pai, a seriedade é um dos traços da sua personalidade.
 

Para manter a paz entre as organizações Cosa Nostra e Outfit, Noah aceita firmar um compromisso de casamento com Isadora — filha do capo de Chicago. O rapaz faz isso sabendo que é uma de suas responsabilidades como sucessor do trono, mas não contava com a possibilidade de, em meio a esse acordo, reencontrar Cecília Velásquez — filha do subchefe da máfia de Las Vegas.
 

Anos atrás, durante um Natal, a história de Cecília e Noah começou. O leitor teve a oportunidade de conhecê-los — ela ainda uma criança e ele, já um rapazinho — e ficar com gostinho de quero mais quando a garota diz que um dia será sua esposa. Cecília já demonstrava ter sentimentos pelo rapaz, mas para ele, soava como aquela admiração de primeiro amor, coisa passageira.
 

Uma das propostas deste livro foi criar uma roupagem mais leve e romântica ao redor da trama. Então, apesar de ser ambientado na máfia e possuir, sim, elementos enraizados em narrativas que envolvem esse universo, a autora decidiu explorar a construção do relacionamento do casal e a forma especial através da qual eles se conectaram.
 

Noah e Cecília cresceram próximos, pois a organização de Las Vegas, de onde vinha a garota, tinha uma forte aliança com a Cosa Nostra, organização dele. Essa aliança não era apenas de negócios, pois Demétrio — avô de Cecília — era o melhor amigo de Matheo Esposito, avô do Noah. Então, durante a infância da garota, os dois acabaram dividindo alguns Natais ou outras reuniões de família.
 

Noah nunca levou muito a sério os sentimentos de Cecília, até que aquela menina cresce e se torna uma linda mulher. Contudo, mesmo muito balançado ao rever Cecília, agora tão mudada, Noah está focado em manter a promessa que fez ao pai e ao futuro sogro, exclusivamente com o intuito de evitar uma guerra entre as duas organizações.
 

O leitor é convidado a embarcar nos sentimentos e conflitos internos do Noah de forma muito cativante. Apesar de tentar manter-se firme em seus compromissos com a máfia, torna-se quase impossível para o rapaz lutar contra tantas coisas que estão balançando o seu coração.
 

 Por outro lado, Cecília não se deixa vencer pelas dúvidas e medos, pois sempre soube o que quer e, em seus planos, Noah será somente dela. A garota está disposta a tudo para viver o seu amor e fica cada vez mais difícil para o Noah conseguir resistir às investidas dessa menina que virou um mulherão.
 

Durante uma parte da história, o leitor acessa algumas conversas secretas que Noah e Cecília trocavam através de um aplicativo de mensagens. Essa estratégia foi usada para aguçar a curiosidade do leitor, torná-lo ainda mais íntimo dos protagonistas e para que fizessem a sua torcida pela aproximação, ou não, do casal.
 

Enquanto Noah não se rendia aos sentimentos que estavam mexendo com ele, Cecília aproveitava todas as oportunidades possíveis para se fazer presente e, em muitos momentos, deixar o rapaz louco de ciúmes e fora dos trilhos. Cecília investe todas as suas forças em conquistar o rapaz, e ele acaba cedendo em um dos encontros da família.
 

Noah não tem um acordo de fidelidade com a Isadora até que ela complete 18 anos e eles fiquem noivos, então ele se rende aos encantos de Cecília e se permite viver essa história de amor.
 

O livro mostra o senso de responsabilidade do Noah quando ele, muito dividido entre a razão e a emoção, tenta resolver sua situação, sem causar uma guerra entre Cosa Nostra e Outfit. Mas, ao abrir o jogo para o seu pai sobre a intenção de ficar com a Cecília, ele descobre que sua futura noiva foi vítima de um atentado e está hospitalizada em Chicago.
 

Nesse momento da trama, o leitor conhece um passado conturbado vivido pela Isadora, incluindo maus tratos que sofria nas mãos do pai, o Severo. A garota também revela ao futuro noivo que está sendo obrigada a se casar, sobretudo porque o pai descobriu que ela é apaixonada por outro homem.
 

Não é à toa que a Cecília chama o Noah de príncipe, afinal ele realmente conquistou o coração das leitoras como um. Intuitivamente, nosso príncipe nascido na máfia decide que precisa ajudar a Isadora e, nesse período, descobre diversos outros crimes do Severo.
 

Preparando-se para expor todas as informações relevantes para o seu pai, Noah sofre um atentado e fica algum tempo hospitalizado em estado grave. A proposta da autora envolvia permitir que o leitor se sentisse envolvido nessa rede de intrigas e buscasse “pescar” as informações que o nosso mocinho teria descoberto, antes que ela fosse exposta. Isso foi feito com muita responsabilidade pela autora, para que todas as pontas da trama ficassem bem amarradas uma na outra.
 

Enquanto os Esposito viviam momentos de tensão com o coma de Noah, nossa mocinha Cecília sofria pelo sumiço do seu amado e, mais ainda, ao ser induzida pelo próprio pai a acreditar que o Noah havia viajado para antecipar o seu noivado com Isadora. O pai de Cecília, por conhecer toda a família Esposito, temia pela segurança da filha, temia que ela virasse um alvo fácil na mão dos inimigos da Cosa Nostra ao se envolver com o futuro Don.
 

Propositalmente, nesse momento da trama a autora deixa nas mãos do leitor a decisão sobre essas boas intenções do Thomaz, pois apesar de ele claramente sentir medo pelo futuro da filha, também teve o sangue frio de inventar uma grande mentira, mesmo vendo o quanto ela estava sofrendo com a falta de notícias do homem que amava.
 

Como todos os livros escritos pela autora, há uma cena bem engraçada antes do Noah acordar do coma. O rapaz recebe a visita do seu Tio Raphael, e este tenta acordar o sobrinho de uma maneira bem caraterística da sua personalidade, repleta de espontaneidade e bom humor. Esta cena roubou a cena entre os leitores e tornou o momento mais leve.
 

Alguns dias depois, ao acordar do coma, Noah vai a Las Vegas com o intuito de falar com Cecília, mas movido pela saudade e pelo desejo de tê-la em momentos a sós, ambos decidem fugir juntos para desfrutar de um tempo de paz, quando pudesse esclarecer todas as mentiras que foram contadas à nossa mocinha.
 

Nesse momento, o leitor tem a oportunidade de conhecer o Noah de uma maneira diferente: romântico e impulsivo. Além disso, como é característico dos livros da Ary Nascimento, o leitor é presenteado com cenas que o fazem viajar e conhecer lugares lindos e reais por onde os protagonistas passam.
 

Ao mesmo tempo em que foram os momentos vividos por Noah e Cecília, também foi o estopim para gerar um grande conflito entre suas famílias que há tantos anos são parceiras. Aqui também o leitor se depara com a presença de um cúmplice, ele descobre que Noah não agiu sozinho. Através de ligações telefônicas, o rapaz tinha informações de como estavam as coisas na Itália e em Las Vegas, para sentir o momento certo de voltar e resolver, de uma vez por todas, esta situação.
 

Apesar dos conflitos gerados pela fuga do casal, Noah e Pietro têm uma carta na manga e conseguem contornar toda a situação com maestria, conduzindo o foco de todo o conflito para onde realmente importava: os crimes de Severo, o que ele fazia à sua filha e o seu atentado.
 

O plot desse livro é surpreendente e trará ainda mais emoção aos leitores que acompanharam a série Chefes da máfia, pois o cúmplice do Noah é nada mais nada menos que seu avô Matheo, um dos homens mais corretos e sérios de toda a família. Movido pelo desejo de ajudar o neto, Matheo deixa de lado o seu bom senso de ex-capo da máfia italiana e prioriza a felicidade do rapaz. Esta evolução na personalidade de um dos homens mais poderosos da Itália gera no leitor uma conexão ainda mais forte com todos os personagens, não apenas deste livro, mas de todos os anteriores, além de estimular os novos leitores a querer conhecê-los também. 
 

A história de amor de Noah e Cecília narrada neste livro, traz leveza à trama, proporciona aos leitores iniciantes neste universo do romance com máfia ter uma experiência gostosa e, aos leitores acostumados com ele, desfrutar de cenas de ação, intrigas e adrenalina, aliada a momentos divertidos, cenas de tirar o fôlego e muito romance.
 

Este casal é perfeito quando está junto. Eles têm uma química intensa e deliciosa de acompanhar, protagonizam momentos quentes e, ao mesmo tempo, deixam o leitor roendo as unhas de tensão, com medo do que vem a seguir. Noah e Cecília enchem o leitor de orgulho, pois lutam contra tudo e contra todos para viver livremente o amor que sentem um pelo outro.
 

Assim como em outros trabalhos da autora, este livro apresenta capítulos alternados entre os protagonistas, além de alguns narrados por outros personagens, o que proporciona uma visão mais ampla da história.ㅤㅤ
 

Cecília é aquela personagem que conquista o leitor por ser uma mulher forte, obstinada e corajosa. Sua maturidade, mesmo ainda muito nova, inspira os leitores a nunca desistir do que desejam. Nossa mocinha empoderada sempre soube o que queria e, mesmo tentando conquistá-lo, colocava-me em primeiro lugar e não aceitava menos do que merecia.
 

Por outro lado, Noah ganhou o coração das leitoras desde os primeiros capítulos, pois apesar de ser impulsivo em alguns momentos, ele é acima de tudo protetor, fiel, amoroso, sensual e possessivo. Tudo que as leitoras adoram encontrar nos livros deste gênero.
 

O final deste livro, contrariando a hostilidade do mundo da máfia, é de suspirar de amor.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

DADOS DE MERCADO

“Noah” sem dúvida ganhará o primeiro lugar no pódio dos livros da Ary Nascimento, pois com pouco mais de um mês de lançamento, já alcançou a marca de mais de 800 avaliações em uma das maiores plataformas de venda (Amazon) e 1,1 milhões de leituras no serviço de assinatura de e-books (Kindle Unlimited), inclusive com números expressivos entre leitores nos Estados Unidos e Japão.
 

O números de leituras e avaliações do “Noah” continua crescendo exponencialmente e o livro vem batendo todos os recordes entre as obras da autora. Diante disso, a autora visa ampliar o alcance desta história, promovendo sua versão física e audiobook.

DEPOIMENTOS DOS LEITORES

Izabela - Avaliado em 16 de março de 2022

“A história é maravilhosa. A Cecília lutou pelo Noah, mas não perdeu o amor próprio. O Noah pensando que nunca se apaixonaria, quando percebeu foi tarde. Uma história romântica e complicada, que se desenrola muito bem e sem pontas soltas.”

Alaide Vieira - Avaliado em 17 de março de 2022

“Eu amei. Um livro que possui uma leitura maravilhosa, que flui muito bem, personagens marcantes e apaixonantes, escrita esplêndida, plot incrível. Aqui vamos viver um misto de sensações, decepções, surtos, risadas, nos apaixonar. Noah e Cecília vão te fazer se apaixonar!”

Horana Brito - Avaliado em 17 de março de 2022

“Devorei em 1 dia. A cada capítulo dava borboletas no estômago, minha imaginação foi além, dei sorrisos fáceis imaginando cada cena. Ary, você é extraordinária, estou sem palavras, sem ar, sem ação diante de uma obra-prima dessas. Continue escrevendo, por favor, você faz o nosso dia excepcional quando lemos um livro desse.”

Elie - @cantinho.da.liih

“O núcleo familiar é incrível. Quem já leu os outros livros da autora vai amar ver mais dos Esposito e quem não leu vai querer ler o mais rápido possível. São homens que tratam suas mulheres como rainhas. É lindo de se ver!”

bottom of page